Publicado em

A Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (Ancord) vê a possibilidade de aumento da alíquota do CSLL como um risco para a saúde financeira do setor.

Segundo Edgar da Silva Ramos, presidente da entidade, o aumento da CSLL terá um impacto muito grande sobre os agentes de mercado. "Em um sistema bancário concentrado como o brasileiro, qualquer aumento de imposto costuma ser automaticamente repassado para os clientes. No caso em questão, além do próprio setor de intermediação, os grandes prejudicados serão os investidores, os consumidores e os empresários”, disse Ramos. /Agências