Publicado em

BRASÍLIA - O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araujo, disse nesta quinta-feira que o país deve trabalhar com a China para reduzir as barreiras não tarifárias ao comércio agrícola.

Falando em um evento sobre a cooperação Brasil-China no setor agrícola, Araújo disse que os dois países devem aperfeiçoar o processo de aprovação chinesa para produtos agrícolas geneticamente modificados.