Publicado em

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, expressou ontem na Comissão Mista do Orçamento (CMO) decepção em relação ao desempenho recente da economia, mas ressaltou que o BC não pode trocar inflação controlada por crescimento econômico, argumentando que isso já foi tentado no passado e culminou em forte recessão. "Achar que a gente vai trocar uma inflação controlada, um sistema de credibilidade no longo prazo, por um crescimento de curto (prazo), isso é voo de galinha", disse. "Não dura e quando ela volta, a crise é grande e nós gastamos um bom tempo tentando recuperar isso", completou. Campos Neto afirmou que não existe país de inflação e juros baixos que tenha cenário fiscal desarrumado. Campos Neto sinalizou que a melhoria do cenário fiscal é fundamental para eventual corte dos juros básicos. "Acho que quanto mais formos capazes de sinalizar para os investidores que nós estamos falando sério sobre a disciplina fiscal --porque ninguém gosta de emprestar dinheiro para quem não paga a conta-- mais rápido virá o investimento", disse. / Reuters