Publicado em

A plataforma online de empréstimos com garantia de imóvel e automóvel Creditas informou ontem que recebeu autorização para operar uma Sociedade de Crédito Direto (SCD), instituição financeira regulada pelo Banco Central.

Com a autorização, a empresa financeira pode conceder empréstimos diretamente aos clientes, além de outras prerrogativas estabelecidas na Resolução 4.656 de 26 de abril de 2018.

A Creditas continua a realizar todas as atividades de originação de crédito, incluindo captação de clientes, análise de crédito, análise jurídica, formalização de contratos e pós-venda. Com a SCD, passa a adotar um modelo híbrido junto de seus parceiros bancários para a emissão e cessão dos créditos, combinando a independência da operação própria com o expertise de cada parceiro.

Para os clientes, não há impacto sobre os empréstimos já concedidos ou em processo de análise. No futuro, a expectativa da empresa é prover um serviço ainda mais ágil, transparente e flexível, e avançar para o lançamento de produtos mais competitivos e inovadores no mercado.

“A autorização do Banco Central garante à Creditas uma liberdade maior para oferecer produtos de crédito que garantam o progresso financeiro de nossos clientes. Além disso, a partir de agora teremos maior agilidade para desenvolver novos produtos e mercados, mas sem deixar de lado todas as vantagens obtidas por meio de nossas parcerias já estabelecidas. Agora o foco é trabalhar muito para extrair o melhor de todas as alternativas e elevar a experiência dos nossos clientes”, afirma Sergio Furio, CEO e fundador da Creditas.

Segundo o comunicado divulgado, a Creditas trabalha com dois produtos principais: o empréstimo com garantia de imóvel e o de veículo. “Nosso propósito é garantir o progresso financeiro dos clientes por meio de um crédito de qualidade, viabilizando projetos de vida e combatendo o mau endividamento”, disse a empresa.

Fundada em 2012 e baseada em São Paulo, a Creditas conta com mais de 500 funcionários e já recebeu R$ 285 milhões em investimentos de fundos internacionais de venture capital. “A empresa tem se destacado nos rankings da FastCompany, da CB Insights, do Love Mondays e do LinkedIn, sendo apontada como uma das fintechs mais promissoras do mundo”, destacou a instituição financeira em seu comunicado ao mercado.