Publicado em

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 3, que a conclusão da compra da fábrica da montadora norte-americana Ford pela Caoa ocorrerá em duas etapas.

Na primeira, ocorrerá uma "due diligence" para que as duas companhias acertem os termos finais do negócio, inclusive definindo o valor da transação. Esse processo deve durar de 35 a 45 dias, disse Doria. Na segunda fase, serão anunciados o investimento e a confirmação da compra.

Em coletiva de imprensa convocada no Palácio dos Bandeirantes, Doria disse que

houve um "bom entendimento" entre Ford e Caoa para que o grupo brasileiro compre a fábrica da montadora norte-americana instalada em São Bernardo do Campo.

Participam da coletiva o dono do grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o presidente da Ford para a América do Sul, Lyle Watters, o vice-presidente da Ford para América do Sul, Rogelio Golfarb, o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), o secretário da Fazenda do Estado, Henrique Meirelles, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patrícia Ellen, e o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM).