Publicado em

O vice-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Richard Clarida, afirmou na sexta-feira que a autoridade monetária dos Estados Unidos irá atuar "apropriadamente" para sustentar a expansão da economia.

Ele ressaltou que o Fed tem "as ferramentas necessárias" para apoiar o crescimento econômico no país. O dirigente enfatizou que é possível observar alguma moderação na economia americana neste ano, mas apontou que a perspectiva é sólida e de "expansão sustentada" no país. Em entrevista à Bloomberg TV, Clarida disse que o Fed monitora de perto os ventos contrários que a economia dos EUA está enfrentando e destacou que o argumento para um ambiente de maior acomodação monetária aumentou, o que já tinha sido apontado pelo presidente do Fed, Jerome Powell.

Clarida pontuou que o banco central tem flexibilidade de atuar para deixar as taxas de juros longe do zero na banda inferior dos Fed funds.

Ele comentou que há um cenário global de baixa inflação, embora tenha enfatizado que os Estados Unidos estão mais próximos da meta de inflação do que a zona do euro ou o Japão. /Estadão Conteúdo