Publicado em

A Mutual, fintech de empréstimos entre pessoas por meio eletrônico (peer-to-peer ou P2P Lending), iniciou hoje uma oferta de 15% de sua participação societária por R$ 4 milhões em investimentos.

Os interessados deverão adquirir os ativos por meio da plataforma de financiamento coletivo (equity crowdfunding) Eqseed.

Segundo informações para investidores cadastrados na Eqseed, a Mutual usará o montante para quintuplicar o número de usuários (dos atuais 200 mil para 1 milhão).

Pretende ainda emprestar mais de R$ 60 milhões em sua plataforma, atingir faturamento bruto de R$ 6 milhões em 2019 e criar novos produtos, dentre outros objetivos.

Outra finalidade para os recursos a serem adquiridos na rodada de investimentos seria a aquisição da licença do Banco Central (BC) para atuar como uma Sociedade de Empréstimos entre Pessoas (SEP).

Atualmente, além da exigência mínima de R$ 1 milhão em patrimônio, há o aumento de 40% a 50% na carga tributária das startups financeiras que conseguem essa permissão da autoridade monetária.

A estimativa da fintech é alcançar todos os propósitos em até 12 meses após o fim do processo de captação.

Desde o ano passado, a Mutual emprestou mais de R$ 6 milhões e obteve R$ 600 mil em comissão bruta (receita da própria empresa somada à receita advinda da instituição financeira parceira).