Publicado em

A Gol acredita que o uso do modelo Boeing 737 Max 8 estará normalizado no segundo semestre deste ano. Caso contrário, a empresa informou ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que fará a nova rota entre São Paulo e Lima, no Peru, com o modelo 737 NG. Esse segundo modelo faz as viagens sem escalas entre São Paulo e Quito no intervalo de seis horas, tempo menor que as cinco horas de voo estimadas até Lima.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também informou que a suspensão das operações do 737 Max 8 está mantida no Brasil, porém a venda de passagens aéreas não está vinculada ao tipo de aeronave a ser utilizada na respectiva rota. Na data do voo, só poderá ser utilizada aeronave certificada com autorização para operar no País, informa a Anac.

Mais cedo, a Gol anunciou novos voos entre São Paulo e Lima a partir de dezembro. A aeronave escolhida é o modelo 737 Max 8, que está proibido de voar desde março, depois de dois acidentes que vitimaram 346 pessoas em um intervalo de pouco mais de quatro meses.