Publicado em

SÃO PAULO (Reuters) - O governo ainda avalia se há espaço suficiente no orçamento deste ano e o reajuste dos benefícios do programa Bolsa Família ainda está "em estudo", disse o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, nesta segunda-feira.

Março foi o nono mês consecutivo sem lista de espera para famílias aderirem ao programa Bolsa Família, informou o ministério. De maio de 2016 a março de 2018, o governo excluiu 5,3 milhões de famílias do programa e incluiu 4,8 milhões de famílias no benefício, segundo o ministério.

 

(Por Mateus Maia)