Publicado em

De acordo com a Pesquisa de Juros da Anefac, realizada por Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo de estudos e pesquisas da Anefac, todas as taxas de juros das operações voltaram a ser reduzidas em agosto de 2019.

Esse resultado pode ser atribuído à redução da taxa básica de juros (Selic) promovida pelo Banco Central em sua última reunião do Copom realizada em julho. “A previsão é que daqui para frente haja novas reduções, levando em consideração a melhora do cenário econômico. Mas é importante ressaltar que incertezas as econômicas que vem pressionando a cotação do dólar, bem como fatores externos como as questões com a Argentina, Turquia e África do Sul, a guerra comercial EUA x China, o Brexit e outros podem refletir nesse cenário”, explica.

No crédito para pessoa física, a taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma redução de 0,03 ponto percentual no mês (0,73 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 0,45% no mês (0,62% em doze meses) passando a mesma de 6,67% ao mês (117,02% ao ano) em julho de 2019 para 6,64% ao mês (116,29% ao ano) em agosto de 2019 sendo esta a menor taxa de juros desde fevereiro de 2015.

No crédito para pessoas jurídicas (empresas), a taxa de juros média geral apresentou uma redução de 0,03 ponto percentual no mês (0,51 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 0,89% no mês (1,05% em doze meses) passando a mesma de 3,36% ao mês (48,67% ao ano) em julho de 2019 para 3,33% ao mês (48,16% ao ano) em agosto de 2019, sendo esta a menor taxa de juros desde fevereiro de 2014.