Publicado em

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, mencionou ontem o esforço do governo na venda para o setor privado das participações do BNDES e da Caixa Econômica Federal.

Ao participar do Congresso de Fundos da Anbima, Levy comentou que outras iniciativas são necessárias além da reforma da Previdência, citando as que o governo tem feito para enxugar o escopo de atuação dos bancos públicos. Ele reiterou que o banco "está na trajetória de transformação" e que seu papel deve ser de parceiro do mercado. Levy disse que o BNDES está "fazendo atividade de fomento, visitando empresas”. /Estadão Conteúdo