Publicado em

As famílias com dívidas – não necessariamente em atraso – eram 59,8% em dezembro de 2018, abaixo dos 60,3% de novembro e dos 62,2% de dezembro de 2017, segundo dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Já os inadimplentes, ou seja, aqueles com dívidas ou contas em atraso, somaram 22,8% em dezembro de 2018, abaixo dos 25,7% de dezembro de 2017. Das famílias com contas em atraso, 78,1% estão comprometidas com faturas de cartões de crédito.

Outro indicador em queda foi o percentual de famílias que não terão condições de pagar suas dívidas ou contas: de 9,7% em dezembro de 2017 e 9,5% em novembro de 2018 para 9,2% em dezembro de 2018. A proporção das famílias que disseram estar muito endividadas recuou de 12,8% para 12,4% em dezembro. /Agência Brasil