Publicado em

A Petrobras reafirmou que sairá dos negócios de fertilizantes e distribuição de GLP, além das participações e produção de biodiesel e etanol. A informação foi divulgada no Plano Estratégico 2040.

Segundo a empresa, o Plano Estratégico traz uma nova visão de empresa integrada de energia, alinhada com a busca de mais diversificação nas fontes e usos da energia.

"O foco em óleo e gás, presente na visão do plano anterior e ainda importante para os próximos anos, dará mais espaço para outras fontes de energia, no horizonte até 2040", apontou a empresa.

Leia também:

Petrobras prevê investimentos de US$ 84,1 bilhões no período entre 2019 a 2023