Publicado em

O indicador de recuperação de crédito da Boa Vista recuou 1,5% em agosto, frente a julho deste ano. Com o resultado, o índice, que mede a quantidade de pessoas que saem da inadimplência segundo a base de dados da empresa, acumula queda de 3,4% nos últimos 12 meses.

A Boa Vista afirma que a piora no indicador sinaliza que consumidores com dívidas atrasadas passam por dificuldades para reequilibrar sua situação financeira. Segundo a empresa, não há indícios de melhora na recuperação de crédito.

No ano, apenas a região Norte do País teve uma melhora no indicador (1%). A região Sul registra a maior queda (-11,5%), seguida do Sudoeste (-5,1%), Centro-Oeste (-4,4%) e Nordeste (-3,3%).

A Boa Vista avalia que a liberação de recursos do FGTS pode aliviar a situação financeira de consumidores inadimplentes e facilitar uma melhora no indicador de recuperação de crédito.