Publicado em

A Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que está trabalhando para que não haja redução de recursos no próximo Plano Safra, referente ao ciclo 2019/20. Ela ressaltou, porém, que ainda não há definição final sobre o tema: "Eu espero que não (haja redução nos recursos). Estamos trabalhando para isso", disse em evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Na última sexta-feira, ela havia afirmado que o próximo Plano Safra está "muito apertado". O anúncio do programa será feito no dia 12 de junho.

A ministra também falou que, na viagem à Ásia, para a qual ela embarca nesta segunda-feira, um dos assuntos será a abertura do mercado do Japão para a carne brasileira. "O Japão ficou muitos anos sem comprar carne aqui da América do Sul porque não compra carne de países que têm vacinação contra febre aftosa - o Brasil é livre da doença, mas com vacinação, assim como o Uruguai. Esse é um dos temas (da viagem). Nós já respondemos a todos os relatórios que chegaram", disse ela.

Também para o Japão, ela falou sobre uma possível abertura para o café do Brasil, mas lembrou que a viagem é mais de "prospecção": "Vamos levar uma série de coisas para colocar à mesa. É a primeira vez que eu, como ministra, vou ao Japão e à China. Vamos mostrar a vontade de cooperar do Brasil e o potencial que o País tem. Essa será uma das viagens, acredito que haverá muitas outras", disse. Tereza Cristina lembrou que também vai ao Vietnã, concorrente do Brasil em exportação de café, e à Indonésia. "É uma viagem mais de prospecção, a não ser com a China, com quem temos assuntos mais avançados."