Publicado em

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário da Previdência, Rogério Marinho, afirmou nesta terça-feira que o texto da proposta de reforma previdenciária foi apresentado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e está "bastante diferente" da minuta vazada à imprensa na semana passada. [nL1N1ZZ14N]

Marinho disse que é preciso aguardar a recuperação do presidente Jair Bolsonaro, internado em São Paulo após ser submetido a cirurgia para retirada de bolsa de colostomia, para que ele possa opinar.

Segundo Marinho, o texto está baseado na determinação de Bolsonaro, de um projeto com justiça, equidade e impacto fiscal.

O secretário não respondeu os jornalistas quando perguntado sobre idade mínima e período de transição.

 

(Por Marcela Ayres)