Publicado em

Dentre 412 startups inscritas, 50 foram selecionadas para participar da primeira etapa do programa Conecta. Além de passarem por aceleração de um mês, concorrerão a aportes individuais de R$ 210 mil. Entre as selecionadas estão a Moobi, de mobilidade, e a Filho sem Fila, que promete diminuir o trânsito em torno das escolas.

O programa é uma iniciativa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e o BMG UpTech, braço de inovação do grupo BMG. Na primeira fase, todas as 50 startups receberão aporte de R$ 20 mil. Apenas 25 passarão para a segunda etapa, quando estarão credenciadas ao maior investimento.

A CNT e o BMG UpTech procuravam empresas com inovações no setor de transporte e logística do Brasil. A maioria das escolhidas são brasileiras e apenas uma é chilena.

A última etapa é uma fase internacional, na qual até cinco iniciativas receberão tração nos Estados Unidos durante um mês. Além do BMG UpTech, o Conecta também conta com o apoio da Bossa Nova Investimentos e da Nxtp.Labs, dois dos maiores players desse ecossistema no Brasil e na América Latina.