Publicado em

Atualizado em

Acontece nesta semana a Agrishow, maior feira de tecnologia agrícola do Brasil e uma das maiores do mundo. Nesta edição, mais de 20 startups estarão presentes no evento, sendo oito delas no espaço Arena de Inovação e outras 15 levadas pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de São Paulo. Objetivo é gerar negócios e discutir inovações no setor.

De acordo com o presidente da Agrishow, Francisco Matturro, nessa edição as empresas nascentes estão concentradas no Espaço de Inovação. Neste local, há sete empresas brasileiras e uma israelense. Entre as presentes, há soluções para diversas atuações no setor agrícola.

A Smart Sensing Brasil utiliza o sistema WEEDit, que identifica a presença de plantas e realiza a pulverização somente sobre as mesmas, acabando com o uso desnecessário de herbicidas. A Sunalizer, por outro lado, oferece uma plataforma online para contratação de projetos solares fotovoltaicos.

Com mais de 80 países representados na feira, a israelense SeeTree marca presença na Arena de Inovação. Ela usa drones e a tecnologia da inteligência artificial para ajudar agricultores a otimizar a produtividade de suas árvores.

Quem também vai utilizar de um espaço para apresentar as startups é o Sebrae. Por meio de seu estande, 15 empresas nascentes vão expor suas soluções para agricultores e outras companhias do agronegócio.

De acordo com o consultor do Sebrae-SP André da Silva, o objetivo é que as empresas consigam gerar negócios, já que foram selecionadas apenas as que tem soluções para o público da feira.
Além disso, ele destaca a importância do Sebrae se posicionar como entidade que auxilia as startups e pequenas empresas. “Às vezes as pessoas não sabem, mas vamos muito além de palestras e cursos”, explica.

Todos os empreendedores participaram de programas do Sebrae-SP. Amanhã, a DKRO vai mostrar seu sistema para gerenciamento de equipes de campo. Na quinta-feira, a Tau Flow terá a oportunidade de apresentar sua solução de gestão e monitoramento do comportamento de ar e gases em ambientes de criação de animais.