Publicado em

O programa de aceleração de negócios Estação Hack abriu inscrições para receber até dez startups que tenham como foco promover impacto social. Em parceria com a aceleradora Artemisia, a iniciativa visa a apoiar empreendedores que já tenham um protótipo.

As empresas selecionadas ficarão seis meses na Estação Hack, espaço de empreendedorismo do Facebook localizado em São Paulo. No local, as equipes receberão mentorias tanto da rede de especialistas do Facebook como da Artemisia. As startups não recebem capital e também não precisam ceder participação.

Além de precisar ter um protótipo (e não apenas uma ideia de negócio), as novatas devem ter o uso de dados como uma ferramenta importante.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 25 de março. O programa vai acontecer ao longo do segundo semestre do ano.

Esta é a segunda edição da aceleração Estação Hack, que já escolheu dez startups no fim de 2017.  

As inscrições podem ser feitas pelo site www.artemisia.org.br/aceleradoraestacaohack/