Publicado em

A Ford disse nesta quarta-feira que vai investir 500 milhões de dólares na startup norte-americana de veículos elétricos Rivian, juntando-se à Amazon no apoio à potencial rival da Tesla.

A Ford disse que usará o um chassi da Rivian que inclui motor elétrico, baterias e controles - para construir um novo veículo para a América do Norte. A empresa não forneceu detalhes sobre o tipo de veículo e onde ou quando seria construído.

Fundada em 2009, a Rivian levantou mais de 1,5 bilhão de dólares de investidores. Um porta-voz da empresa se recusou a fornecer uma avaliação para a empresa, mas o site de investidores Dealroom.com estima o valor da Rivian entre 5 bilhões e 7 bilhões de dólares.

Nesta quarta-feira, o presidente-executivo da Ford, Jim Hackett, disse que o negócio com a Rivian não afeta discussões da Ford com a Volkswagen sobre o compartilhamento de arquitetura de veículos elétricos da montadora alemã.

Os primeiros produtos da Rivian, uma grande picape e um utilitário, devem entrar em produção entre o final de 2020 e início de 2021, disse o presidente-executivo da empresa, RJ Scaringe. Esses dois veículos elétricos, junto com o chassi que a Ford utilizará, serão montados na fábrica da Rivian.

A Ford informou que seu investimento na Rivian é separado do investimento anunciado antes de 11 bilhões de dólares em veículos elétricos nos EUA, que inclui 40 veículos híbridos e totalmente elétricos em sua linha de modelos até 2022.