Publicado em

A operadora de telecomunicações Oi mudou o foco de seu Programa de Aceleração Oito 2018/2019. Desta vez, a companhia abriu inscrições com o objetivo de atrair empresas mais maduras. Essas iniciativas devem ter um produto pronto ou ao menos um protótipo.

De acordo com o diretor do espaço de empreendedorismo e inovação Oito, Pedro Abreu, na primeira edição foram selecionadas sete empresas nascentes. Para 2019, o número de empresas pode ser ainda maior, já que não há definição da quantidade de selecionados. O executivo destaca ainda que, embora não haja garantia de investimento, há a possibilidade de aportes da Oi nas participantes.

O programa é direcionado para empreendedores com atuação em quatro grandes nas áreas de operações, negócios e financeira da companhia telefônica. A expectativa é que o programa ocorra entre os meses de março e dezembro de 2019. Neste período, as startups podem contar com o espaço de inovação do Oito, que está localizado no Rio de Janeiro. 

Para se cadastrar, os empreendedores precisam ter algum produto ou serviço que tenha sinergia com os negócios da Oi. Entre os problemas e oportunidades que a companhia busca estão a plataforma de relacionamento com os clientes, soluções em internet das coisas e experiência do cliente em loja.

O anúncio da operadora aconteceu hoje no maior evento de empreendedorismo da América Latina, a Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (Case), em São Paulo.