Publicado em

A startup de agronegócio Pink Farms, que produz hortaliças em ambientes fechados, recebeu um investimento de R$ 2 milhões para construir uma fábrica de grande escala em São Paulo.

A gestora de fundos SP Ventures em conjunto com a plataforma de investimentos Capital Lab são responsáveis pelo aporte.

Diferente das produções agrícolas tradicionais, onde o alimento é plantado em lavouras e a céu aberto, a startup cultiva suas hortaliças em estruturas verticais dentro de ambientes fechados.

Essa metodologia evita perdas durante a colheita e diminui a necessidade de agrotóxicos.

Em nota, a SP ventures informou que escolheu investir na companhia devido ao interesse do consumidor em produtos com mais qualidade e que causem menos impactos ambientais.

Além da construção de uma fábrica, a Pink Farms também quer aumentar seu portfólio, com produtos como morango e tomate.

Atualmente, a empresa comercializa alfaces e outras verduras, como rúcula e manjericão.