Publicado em

A companhia de tabaco Souza Cruz, em parceria com a aceleradora Liga Ventures, procura quatro startups para o seu programa de aceleração. Serão quatro meses de cursos e mentorias com o objetivo de desenvolver as participantes e gerar negócios com a empresa detentora de marcas como Dunhill e Kent.

O Transforma Souza Cruz está aberto para startups de diversas áreas, como logística, gestão, otimização de processos internos e análises financeiras. A premissa é de que o segmento de atuação ou o produto ou serviço esteja alinhado com os objetivos da companhia de tabaco.

 

Para participar, as startups devem ter Produto Mínimo Viável (MVP, na sigla em inglês). Este pode ser desde um protótipo baseado em uma validação até um pivô de um teste que não se mostrou tão eficiente quanto à hipótese inicial, aponta a Liga Ventures.

 

“Queremos trazer visões e abordagens diferentes para o nosso negócio. Isto é fundamental para a nossa agenda de transformação da indústria e também da companhia”, diz o diretor de operações da Souza Cruz, Cristiano Roth. As inscrições estão abertas até o dia 28 de abril.

 

O processo de seleção está dividido em cinco etapas. A três primeiras são de inscrição, avaliação das propostas e entrevistas com os fundadores das empresas nascentes.

 

Em seguida, as pré-selecionadas seguem para uma etapa presencial em São Paulo, o Pitch Day. Representantes da Souza Cruz e da Liga Ventures avaliarão as apresentações dos empreendedores e, por fim, serão anunciadas as selecionadas para a aceleração.

 

O programa será presencial, em São Paulo. As startups deverão arcar com os seus custos.