Publicado em

A Manipulaê, que criou uma plataforma que facilita a interação entre clientes e farmácias de manipulação, recebeu um investimento de R$ 525 mil da Anjos do Brasil. Com o aporte, a startup pretende crescer 150% neste ano, fechando no faturamento de R$ 200 mil. Para 2019, pretende triplicar este valor.

A empresa vai destinar cerca de 60% do investimento em equipe e melhorias na plataforma e 40% na expansão dos negócios. Operando desde fevereiro de 2017, a startup gerou, no mesmo ano, R$ 80 mil em vendas para as farmácias parceiras.

O aporte é uma espécie de projeto piloto da Anjos do Brasil para um novo tipo de investimento. O método diminui o período de mentorias, que são aplicadas em todas as startups investidas, que antes eram de sete meses para 14 semanas.

Com a Manipulaê, serão cerca de 7 semanas para análise dos negócios e sua aplicação no mercado e de 6 a 8 semanas para a análise contratos e aportes.