Publicado em

O que é refinanciamento?

Ao contrário do que pode parecer a primeira análise, o Refinanciamento não é uma renegociação de um empréstimo existente ou um processo de portabilidade. O Refinanciamento Imobiliário ou Home Equity é um empréstimo com garantia em imóvel que é estruturado como um financiamento imobiliário, podendo chegar a 360 meses. 
 
Qual o processo de refinanciar um imóvel?
Todas as fases possuem três tópicos (Cliente, Banco, Melhortaxa) que devem agir de forma simultânea para que o processo seja executado da forma mais eficiente possível. 
 
Quais as vantagens de efetuar um refinanciamento?
Dentre as vantagens que o refinanciamento pode oferecer, destacam-se:
  • Taxa de juro baixa: a taxa de juros no crédito com garantia em imóvel está entre 1,14% a 2,5% o mês, bem abaixo da média da taxa de juros do empréstimo pessoal;
  • Prazo de pagamento longo: os empréstimos pessoais demandam a quitação da dívida em até 5 anos, enquanto que no refinanciamento o prazo pode chegar a até 20 anos, o que gera uma parcela menor; 
  • Volume maior de crédito:  Com esse método, o empréstimo é de até 50% do valor avaliado do imóvel; 
  • Uso livre do capital levantado: não há restrições para o uso do dinheiro que foi adquirido com o empréstimo. 
Quando o refinanciamento é recomendado?
Além do custo reduzido, o prazo e as parcelas reduzidas contam no amplo uso do Refinanciamento, como por exemplo financiar a aquisição de uma franquia, para pagar os equipamento da montagem de uma clínica, para reduzir o custo médio de dívidas, quitando-as e alongando a dívida unificada em uma só. Ao mesmo tempo, deve-se ter em conta que o imóvel está sendo alienado nesta modalidade. Por isso, antes de efetuar um refinanciamento, deve-se fazer uma análise da sua situação financeira, bem como um planejamento, para não colocar em risco o imóvel. 

Refinanciamento – Passo a Passo

1 – Início do Processo
  • Cliente preenche o cadastro na Melhortaxa;
  • Melhortaxa contata o cliente e identifica quais bancos possuem o perfil, proposta e a taxa mais adequada; 
  • Na sequencia, encaminha propostas bancárias personalizadas para o cliente; 
2 – Escolha do Banco 
  • Cliente analisa as propostas, tira dúvidas e escolhe a que melhor se adequa a seu perfil;
  • Instituição aguarda o envio dos documentos do cliente;
  • Melhortaxa repassa ao cliente as fichas do banco escolhido e solicita a lista de documentos referente a operação;
3 – Análise de Crédito
  • Cliente deve aguardar o parecer do banco;
  • Instituição diz se o cliente está apto ou não após fazer uma analise da situação financeira do cliente e da proposta;
4 – Análise Jurídica
  • Cliente envia o material solicitado;
  • Instituição solicita os documentos referentes ao imóvel;
5 – Análise do Imóvel
  • Instituição, após analisar à documentação do imóvel, diz se o processo terá continuidade e solicita o parecer de um engenheiro;
  • Cliente recepciona o engenheiro responsável pela vistoria agendada diretamente com o banco;
6 – Assinatura do Contrato
  • Cliente assina contrato;
  • Instituição Financeira após analisar as fases do processo, encaminha para aprovação final e emissão do contrato; 
  • Contrato é emitido e é agendada a assinatura; 
7 – Registro em Cartório 
  • Cliente leva o contrato ao cartório em que o imóvel está registrado para alienar o financiamento e efetuar o pagamento das custas cartorárias;
  • Com o contrato registrado, em geral, é iniciado o processo de liberação do capital. 

FAÇA A SIMULAÇÃO DO SEU REFINANCIAMENTO AQUI!