Bovespa trabalha com fluxo menor com contingência no mercado americano

SÃO PAULO – O diretor de bolsa da Fator Corretora, Rodrigo Molitano, acredita que a Bovepa fecha esta quarta-feira com um volume de negócios entre R$ 5,5 bi e R$ 6 bi

SÃO PAULO #2013 As operações na Bolsa de Valores de São Paulo BM&FBovespa operam com um volume financeiro de R$ 3,1 bilhões, com projeção de cerca de R$ 5 bilhões até o fim do dia, abaixo da média de R$ 7 bilhões. A queda ainda reflete a paralisação dos negócios na Bolsa de Nova York, onde ainda boa parte dos investidores não conseguiu retomar as negociações por causa dos efeitos do furacão Sandy, segundo o diretor de bolsa da Fator Corretora, Rodrigo Molitano.#000a#000a#0009A parte sul da ilha de Manhattan continua sem energia elétrica e muitos clientes estão preferindo trabalhar em contingência, o que está mantendo o fluxo de negociações no Brasil também reduzido, explica o analista.#000a#000a#0009Molitano acredita que a Bovepa fechará esta quarta-feira (31) com um volume de negócios em torno de R$ 5,5 bilhões a R$ 6 bilhões. Quando a bolsa abriu nesta manhã, projetava um volume de R$ 4 bilhões. Às 13h, a Bovespa operou com projeção no pico de R$ 5,5 bilhões e voltou a cair.#000a#000a#0009Às 14h34 a Bovespa operava em queda de 1,15%, aos 57.019 pontos, com R$ 3,1 bilhões em volume de negócios.#000a#000a#0009A Bolsa de Nova York ficou fechada nos últimos dois dias por causa do furacão Sandy, que atingiu a costa leste dos Estados Unidos. A bolsa novaiorquina não fechava em dia comercial desde 1985, quando o furacão Glória atingiu a cidade. Na segunda-feira (29), a Bovespa fechou com movimentação de R$ 4 bilhões e, na terça-feira (30), com R$ 3,2 bilhões.#000a#000a#0009As bolsas europeias também sofreram impacto com o fechamento do mercado americano e registraram queda na terça-feira. Molitano acredita que parte do mercado europeu ainda deve sofrer com os reflexos do furacão, uma vez que as grandes resseguradoras concentram-se no continente europeu e devem ter prejuízo por causa do desastre nos Estados Unidos.#000a#000a#0009Retomada#000a#000a#0009Até o fim da semana, a tendência é a normalização dos negócios. No entanto, Molitano ressalta que, como a Bovespa não abrirá na sexta-feira (2) por causa do feriado de Finados, os investidores devem agir com cautela até lá, à espera dos resultados do mercado de trabalho nos Estados Unidos, que serão divulgados no dia 2. #201cO investidor terá mais cautela. Como a bolsa não vai operar nesse dia, ele recua para ver o que vai acontecer, para depois tomar uma posição na segunda-feira [5]#201d, indica o diretor da Fator Corretora.#000a#000a#0009Na madrugada desta quarta-feira (31) foram divulgados dados sobre a China que indicam uma desaceleração para o próximo trimestre, o que, segundo Molitano, afetou o resultado das commodities e principalmente dos minérios brasileiros. Analistas indicam que o preço do minério deve voltar a ceder. Na Bovespa, os papeis da Vale (VALE3 e VALE5) registravam queda de 0,72% e 0,99% às 14h24.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes