Publicado em

O dólar subiu quase 2,5 por cento e fechou no maior patamar ante o real desde o começo de outubro com fluxo de saída de recursos em ambiente de aversão ao risco no exterior e cautela com o cenário político local.

O dólar avançou 2,49 por cento, a 3,9175 reais na venda, maior patamar desde os 3,9349 reais de 2 de outubro. Foi a maior alta percentual desde 14 de junho, quando havia saltado 2,64 por cento.

Em cinco sessões consecutivas, o dólar já acumulou valorização de 4,75 por cento ante o real. O dólar futuro subia cerca de 2,3 por cento.