Publicado em

SÃO PAULO - O Banco CBSS, instituição financeira da Elopar, holding do Banco do Brasil e do Bradesco, lançou no começo de agosto o Digio, cartão de crédito sem anuidade e taxas de manutenção, totalmente gerenciado através de aplicativo no celular.



Com a proposta similar ao cartão feito pela startup brasileira Nubank, o Digio também não trabalha com anuidade ou taxa de adesão. Todas as tarifas são disponibilizadas via aplicativo, que pode ser baixado para iOS e Android.



Diferente do concorrente Nubank, que trabalha com bandeira MasterCard, o Digio utiliza a Visa para seus serviços. O cartão também pode ser utilizado internacionalmente.



Conforme contrato disponibilizado na internet, o Digio não possui crédito rotativo. O usuário que não puder pagar integralmente a fatura terá a opção de recorrer a uma das propostas de parcelamento oferecidas, com uma cobrança de 7,90% de juros ao mês.



Caso uma das opções de parcelamento não sejam aceitas em até seis dias após a data de vencimento da fatura, os juros sobem para 10,99% ao mês.