Publicado em

A Mapfre Seguros , subsidiária brasileira do maior grupo segurador da Espanha, firmou, no último dia 28, um compromisso de compra das ações da Seguradora Roma , transação que dará á Mapfre o controle integral da companhia. A proposta foi submetida à Superintendência de Seguros Privados (Susep) para aprovação prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Com o acordo, a Mapfre dá prosseguimento à sua estratégia em se tornar uma empresa multiprodutos. Em maio deste ano, a Mapfre comprou 51% das ações da Seguradora do banco Nossa Caixa, por R$ 225,8 milhões. O negócio proporcionou à Mapfre, através da joint venture, exclusividade na comercialização de seguros de vida e previdência junto à rede de agências por 20 anos.

Em 2005, a seguradora Roma irá faturar R$ 90 milhões e atingirá, até o final do ano, R$ 23 milhões em patrimônio líquido.

Um dos principais objetivos da Mapfre com a compra é conseguir expandir, de forma significativa, sua participação no mercado de seguro prestamista, roubo e perda de celulares e quebra de garantias, mercados onde a Roma Seguradora ao longo dos últimos anos vêm exercendo liderança.

Para o presidente da Mapfre Seguros, Antonio Cássio dos Santos, "esta operação reforça a confiança do Grupo Espanhol no País e reflete a convicção na estabilidade econômica e política Brasil, condições fundamentais para o aporte de recursos produtivos em qualquer economia mundial."

A Seguradora Roma iniciou suas atividades em janeiro de 1990 e seu crescimento no mercado segurador brasileiro tem sido permanente desde então. A companhia, que atualmente destaca-se por ter uma estrutura enxuta, com elevado nível técnico cujo alvo principal nas suas operações é a busca de qualidade, o que permite oferecer um atendimento cada vez mais personalizado aos clientes.

De acordo com Mário Baptista, presidente da Roma Seguros, "essa transação reforça o futuro promissor da Roma nos segmentos onde já atuava."