Publicado em


Com foco nos pequenos e médios empresários, o banco Santander Brasil anuncia hoje modelo diferenciado de atendimento para este segmento. A partir de agora, os clientes atuais e novo, sócios de companhias com faturamento anual de até R$ 1 milhão, passam a ter o mesmo gerente nas contas de pessoa física e pessoa jurídica. O serviço é complementar a Conta Integrada, que reúne serviços financeiros e operações de credenciamento de estabelecimentos comerciais para cartões de crédito e débito (adquirência).



Segundo o vice-presidente executivo comercial do Santander, Pedro Coutinho, o modelo é importante porque o proprietário concentra em suas mãos as responsabilidades financeiras do negócio e, muitas vezes, não separa o que é sua renda pessoal do fluxo de caixa da empresa. “O atendimento unificado permite que o gerente conheça melhor o seu cliente e forneça apoio na gestão financeira do seu negócio e da sua vida pessoal. No modelo tradicional, as informações ficam divididas entre o gerente pessoa física e o gerente pessoa jurídica e ambos enxergam a realidade financeira do cliente de forma parcial. Agora temos um diagnóstico mais preciso e podemos oferecer soluções de forma mais efetiva”, pontua Coutinho. 



Além da maior gestão do risco, que oferecerá maior acesso e limites de crédito, o pacote da conta unificada oferece 50% de redução no valor das tarifas cobradas no ramo pessoa física e quedas nas taxas de juros em empréstimos para a empresa. As taxas de juros em desconto de duplicatas, por exemplo, passam de 2,51% até 3,89% ao mês para 1,99% mínimo e 2,97% no máximo. Já a antecipação de recebíveis de cartões, por meio das máquinas POS, passam a ter taxas entre 1,50% e 2% ao mês, contra 2,54% a 3,27% cobradas anteriormente.