Publicado em

A melhora do consumo no País deve impulsionar um aumento de 27% no faturamento do Tribanco em 2017, para R$ 2,3 bilhões. Focada no varejo, a instituição financeira também projeta novos produtos e parcerias para o ano que vem.

Só em setembro, por exemplo, o banco de fomento para o pequeno e médio varejista concedeu R$ 393,8 milhões em crédito para pessoas físicas via movimentações com o cartão para o pequeno e médio varejo. O valor representa alta de 18,3% ante igual período de 2016 (R$ 333 milhões).

O movimento veio após um aumento de 6,4% no volume de vendas no comércio varejista em setembro com relação ao mesmo mês de 2016 e, para o diretor da Tricard – empresa de cartões do Tribanco –, Ricardo Batista, a melhora é sustentada, sobretudo, pelo segmento de supermercados.

“Também já enxergamos uma leve melhora em outros ramos, como eletroeletrônicos e telefonia”, afirma o executivo e pondera que parte do crescimento vem de ações e investimentos voltadas para o setor.

“Iniciamos investimentos em tecnologia, segurança e novas parcerias com varejistas para aumentar a base de cartões ativos e ampliar a carteira de lojas atendidas, sempre com o controle dos índices de inadimplência”, diz.

Nessa linha, o diretor da Tricard pontua que além de um crescimento de 27% no faturamento previsto para este ano, a instituição também projeta aumentos de 22,2% na carteira de clientes varejistas e um número mais de cinco vezes maior na aceitação do cartão.

“O crescimento deve continuar em 2018, apoiado em lançamentos de produtos e serviços e em novas parcerias”, diz Batista e comenta que “medidas que incentivam a economia e do consumo também terão efeitos intensificados” e, por isso, o banco será impactado positivamente.

“Atualmente, por exemplo, temos nove mil varejistas na carteira e a meta é de alcançar os 11 mil em 2018. Bem como expandir a rede de aceitação dos nossos cartões, de três mil para 20 mil lojas. Por termos um modelo de negócio baseado em uma dinâmica de que quando o varejista ganha, o Tribanco também tem bons resultados”, a expectativa é positiva”, disse o executivo ao DCI.

O Tribanco trabalha para o fomento do pequeno e médio varejo e, por meio do cartão Tricard, concede crédito aos clientes dos varejistas.

Regiões

Dados do Tribanco também mostram que a região de maior destaque no volume de empréstimos foi o Sudeste, com 27,11% do total de R$ 393,8 milhões. Em seguida vieram o Norte (19,63%), Sul (14,08%), Centro-Oeste (9,5%) e Nordeste (9,39%).