Publicado em

São Paulo - A segunda prévia do Ibovespa, divulgada pela BM&F Bovespa na última sexta-feira, mantém a inclusão dos papéis da Localiza como a única alteração do índice, que terá 69 ativos, representantes de 64 empresas.

Tais ações farão parte do Ibovespa, o principal índice da bolsa paulista, no período de janeiro a abril de 2012. Contudo, a participação dos papéis no índice sofreu um leve ajuste sobre a prévia anterior, o suficiente para que a Vale desbanque a Petrobras como a ação mais relevante do benchmark.

Os papéis preferenciais da Vale aparecem com uma participação de 9,37%, seguidos pelos preferenciais da Petrobras (8,31%), Itaú Unibanco (ITUB4, 4,71%), Bradesco (BBDC4, 3,36%) e BM&F Bovespa (BVMF3, 3,25%). Tais pesos levam em consideração a cotação de fechamento do pregão de 15 de dezembro.

Desta forma, as ponderações dos papéis na participação total do índice sofreram algumas alterações frente a prévia anterior, tendo como o destaque de ganhos absolutos os papéis da PDG enquanto as perdas absolutas continuam sob a liderança das ações preferenciais da Petrobras, que passou de menos 1,39 ponto percentual para menos 1,42 ponto percentual.

Para manter a representatividade dos índices, a Bovespa promove a reclassificação das carteiras ao final de cada quadrimestre, e o próximo vai valer de janeiro a abril.