Publicado em

O abate de bovinos no Brasil cresceu pelo segundo ano consecutivo em 2018, com alta de 3,4% sobre o ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (14), destacando ainda recorde na atividade com suínos.

Ao todo, foram abatidos 31,90 milhões de cabeças de bovinos, com expansão em 17 das 27 unidades federativas do País. Mato Grosso, que detém o maior rebanho, abateu 414,73 mil cabeças a mais e puxou o incremento a nível nacional. Na sequência, aparecem Rio Grande do Sul (+205,13 mil) e Paraná (+157,50 mil). Por sua vez, Mato Grosso do Sul (-142,20 mil) e Pará (-27,89 mil) reportaram as quedas mais intensas em abates.

Sobre os suínos, o IBGE disse que os abates cresceram 2,4% no ano passado, para um recorde de 44,20 milhões de cabeças. /Reuters