Publicado em

A Petrobras iniciou divulgação a investidores de processo para venda da totalidade da participação em 27 campos de petróleo maduros terrestres no Espírito Santo e instalações compartilhadas de escoamento e tratamento de produção, o chamado Polo Cricaré.

Em fato relevante, a petroleira disse que os campos à venda tiveram em 2018 uma produção total média de cerca de 2,8 mil barris por dia (bpd) de óleo e 11 mil metros cúbicos/dia de gás.

As próximas etapas sobre o processo de venda dos campos terrestres no Espírito Santo serão informadas oportunamente ao mercado, segundo a companhia.

A Petrobras tem promovido um plano de desinvestimentos para reduzir dívidas e focar sua atuação nas reservas do pré-sal. Os campos terrestres agora incluídos no plano estão localizados nos municípios de São Mateus, Jaguaré, Linhares e Conceição da Barra, segundo a companhia.

A Petrobras é operadora e tem 100% de todos os ativos, que incluem os campos de Biguá, Cacimbas, Campo Grande, Córrego Cedro Norte, Córrego Cedro Norte Sul, Córrego Dourado, Córrego das Pedras, Fazenda Cedro, Fazenda Cedro Norte, Fazenda Queimadas, Fazenda São Jorge, Guriri, Inhambu, Jacutinga, Lagoa Bonita, Lagoa Suruaca, Mariricu, Mariricu Norte, Rio Itaúnas, Rio Preto, Rio Preto Oeste, Rio Preto Sul, Rio São Mateus, São Mateus, São Mateus Leste, Seriema e Tabuiaiá.

"Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os nossos acionistas", diz estatal.

Enquanto isso, na TAG...

Ontem, o ministro Edson Fachin, do STF, suspendeu a venda de 90% das ações da Transportadora Associada de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras, estabelecendo que isso só pode ocorrer perante licitação. O ministro atendeu pedido feito por sindicatos e restaurou uma determinação dada pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que, em junho do ano passado, tinha suspendido o procedimento. A Petrobras disse não ter sido notificada.