Publicado em

O mercado de viagens corporativas brasileiro deve bater, este ano, faturamento de R$ 70,1 bilhões. A cifra, 4,2% superior à verificada em 2018, sinaliza o início da retomada deste mercado.

Os dados são Pesquisa Conjuntural de Viagens Corporativas e foram divulgados ontem pela da Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (ALAGEV).

De acordo com o levantamento, em 2018, o setor faturou R$ 67,3 bilhões, em um tímido crescimento (+ 0,4%) sobre 2017. O baixo crescimento se deu, principalmente, pelo resultado do segundo semestre, que foi impactado pela greve dos caminhoneiros – ocorrida em maio –, além da recuperação mais lenta que a prevista da economia nacional. Como resultado, no segundo semestre, o desempenho do setor ficou negativo em 2,1%. /Agências