Publicado em

A Klabin anunciou nesta quarta-feira (12) um investimento de R$ 32 milhões para a construção de um Parque de Plantas Piloto, na Unidade Monte Alegre, em Telêmaco Borba (PR). A unidade deve começar a funcionar no último trimestre deste ano.

O empreendimento pretende simular uma unidade fabril, onde serão realizados estudos e testes em frentes de pesquisa como a celulose microfibrilada (MFC), que futuramente será incorporada às linhas de produção de papel da companhia.

O diretor de tecnologia industrial, inovação, sustentabilidade e negócio celulose da Klabin, Francisco Razzolini, disse, em nota, que o aporte foi preciso porque o centro de tecnologia da empresa, inaugurado em 2017, atingiu um nível de maturidade de desenvolvimento que torna necessária a produção de alguns materiais em maior escala, permitindo testes prolongados.

Neste ano, a companhia também anunciou a aquisição de 12,5% da startup israelense Melodea Bio Based Solutions, pioneira na tecnologia de extração de celulose nanocristalina (CNC), produzida 100% a partir de fontes renováveis. “O Parque de Plantas Piloto reforça a nossa orientação para o desenvolvimento de soluções bioeconômicas, que valorizam o uso responsável, eficiente e sustentável dos recursos”, ressaltou Razzolini.