Publicado em

Sancionada em agosto, a Lei Geral de Proteção de Dados regulamenta o uso, a proteção e a transferência de dados pessoais no Brasil, exigindo consentimento explícito para coleta de informações, nos mesmos moldes do que foi feito na União Europeia com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR, na sigla em inglês). A legislação começa a valer em fevereiro de 2020 e, até lá, especialistas apontam que é importante, principalmente, que as médias e grandes empresas busquem se adequar, já que estão mais expostas a vazamentos.