Publicado em

Com uma abordagem ainda não muito explorada pelas editoras brasileiras, o livro  "Ditadura Inconstitucional - série Teorias do Estado", transpassa o cenário e as artimanhas políticas e jurídicas do impeachment presidencial de 2016. A obra é resultado de pesquisa de pós-doutorado em Ciência Política desenvolvida pelo autor. Na tese, Vinício Carrilho Martinez avalia que o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi, primeiro, um processo de cassação política e, posteriormente, violou a Constituição de 1988. "Por isso, o Brasil inventou a Ditadura Inconstitucional, absolutamente fora do disposto na Constituição", defende o autor. 
A série "Teorias do Estado" terá, inicialmente, três volumes: 1. Ditadura Inconstitucional; 2. Carta Política; e 3. Transmutação Constitucional. "O primeiro é o que está sendo lançado. O segundo demonstra como o fundamento da Constituição Federal de 1988, o espaço público da cidadania e da política, foi destruído a partir do impeachment de 2016. E o terceiro, em redação, investiga como e no que a violação constitucional transformou a Constituição", descreve o pesquisador.

Editora: CRV 
Autor: Vinício Carrilho Martinez
Preço: R$ 53