Publicado em

WASHINGTON(Reuters) - O assessor comercial da Casa Branca, Peter Navarro, negou nesta segunda-feira as afirmações de que o governo Trump está considerando excluir empresas chinesas das bolsas de valores dos Estados Unidos, definindo as notícias como "fake news".

Questionado em particular acerca de uma notícia da Bloomberg sobre o assunto, Navarro disse à CNBC: "Mais da metade era altamente imprecisa ou totalmente falsa".

(Por Makini Brice e Doina Chiacu)