Publicado em

CIDADE DO PANAMÁ (Reuters) - O Canal do Panamá continuará autorizando navios vindos da Venezuela desde que cumpram as regras e apresentem a documentação necessária, disse o chefe da passagem nesta quarta-feira após uma nova rodada de sanções ao país sul-americano.

"Somos signatários de um tratado de neutralidade, também assinado pelos Estados Unidos", disse o chefe da Autoridade do Canal do Panamá, Jorge Quijano, a repórteres, dizendo que o canal não sofrerá pressão. "Temos que continuar com esse compromisso, desde que eles sigam as regras do jogo, e as regras do jogo são que essa é uma passagem imparcial."

(Por Elida Moreno)