Publicado em

WASHINGTON (Reuters) - John Kelly deve renunciar ao cargo de chefe de gabinete do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nos próximos dias, noticiou a rede CNN nesta sexta-feira, citando fontes não identificadas.

Representantes da Casa Branca não responderam de imediato a um pedido de comentário sobre a reportagem.

    O relacionamento tempestuoso entre Trump e Kelly, general aposentado do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA de 68 anos, foi muito divulgado. Citando suas fontes, a CNN disse que a relação está pior do que nunca e que os dois não estão se falando, mas acrescentou que nenhuma decisão sobre a possível saída de Kelly é definitiva até ser anunciada.

    No mês passado uma fonte disse à Reuters que Trump estava cogitando um substituto para Kelly. Nick Ayers, chefe de gabinete do vice-presidente, Mike Pence, é um possível concorrente, segundo a fonte.

    Kelly tentou levar mais ordem e estabilidade a uma Casa Branca muitas vezes caótica sob o comando do imprevisível Trump.

    (Por Susan Heavey e Lisa Lambert)