Publicado em

DHARAMSALA, Índia (Reuters) - O Dalai Lama pediu que seu povo permaneça unido enquanto a comunidade tibetana se reúne neste sábado em uma pequena cidade montanhosa para celebrar os 60 anos de asilo político na Índia, embora apenas um ministro federal tenha comparecido ao evento.

O evento "Obrigado, Índia" estava marcado para a capital Nova Deli, mas foi transferido para Dharamsala, uma pequena cidade no norte do país onde os tibetanos administram um governo em exílio.

A Índia tenta evitar um confronto com a China, que vê o Dalai Lama como um perigoso separatista.

Oficialmente, Nova Déli diz que sua política em relação ao Dalai Lama continua a mesma, e o governo tibetano em exílio diz que mudou o evento para Dharamsala por respeito às necessidades de política externa da Índia. O ministro da Cultura da Índia foi o único ministro presente no evento.

(Por Abhishek Madhukar)