Publicado em

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos estão em "período de silêncio" com a China sobre as negociações comerciais, disse o assessor comercial da Casa Branca, Peter Navarro, em entrevista à CNBC nesta sexta-feira, acrescentando que as conversas presenciais começarão em breve com a China.

O representante de Comércio norte-americano, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, viajarão para Pequim "em um futuro muito próximo", disse Navarro. No geral, Lighthizer assumirá a liderança nas negociações, juntamente com o presidente dos EUA, Donald Trump, acrescentou.

"Estamos, na minha opinião, em um período de silêncio... em direção às negociações", disse Navarro à rede de televisão, observando que os negociadores norte-americanos e chineses conversaram recentemente por telefone.

Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram no mês passado com outra trégua na disputa comercial, que já dura um ano, entre as duas maiores economias do mundo. Esse acordo, após a reunião em Osaka, no Japão, retomou as negociações paralisadas, mas nenhum prazo foi estabelecido para que o processo seja concluído.

Perguntado sobre quando ele achava que um acordo seria assinado, Navarro se recusou a comentar, mas disse que qualquer anúncio virá de Lighthizer ou de Trump.

(Por Susan Heavey)