Publicado em

NOVA DÉLI (Reuters) - Um incêndio irrompeu em um prédio comercial da Índia nesta sexta-feira e matou ao menos 15 pessoas, disse um porta-voz do governo do Estado.

Canais de televisão noticiaram que algumas pessoas saltaram do andar mais alto do edifício de Surat, cidade do oeste do país, para fugir das chamas.

As vítimas fatais são, na maioria, estudantes que estavam em uma tutoria localizada no prédio, de acordo com o porta-voz do ministro-chefe de Gurajate, Vijay Rupani.

Segundo uma testemunha da Reuters, os alunos eram crianças de idade escolar.

"As operações de resgate acabaram e 15 pessoas morreram", disse o porta-voz.

Imagens da TV mostraram pessoas tentando se segurar em uma larga faixa na lateral do prédio à medida que caíam.

Rupani ordenou a abertura de um inquérito sobre o incidente e perguntou a Mukesh Puri, secretário-chefe do departamento de desenvolvimento urbano, que se apresente dentro de três dias, informou o porta-voz de seu gabinete.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse no Twitter que seu pensamento está com as famílias enlutadas.

"Extremamente angustiado pela tragédia do incêndio em Surat", disse Modi.

"Que os feridos se recuperem logo", disse, acrescentando que instruiu as autoridades a ajudar os afetados.

(Por Sanjeev Miglani)