Publicado em

Os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram menos que o esperado em setembro, contidos pelo aumento mais fraco no custo dos aluguéis e pela queda dos preços de energia, já que as pressões inflacionárias parecem esfriar um pouco.

O Índice de Preços ao Consumidor aumentou 0,1 por cento no mês passado, após subir 0,2 por cento em agosto. Nos 12 meses até setembro, a inflação aumentou 2,3 por cento, desacelerando em relação ao avanço de 2,7 por cento de agosto.

Excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, os preços ao consumidor subiram 0,1 por cento pelo segundo mês consecutivo. O chamado núcleo da inflação aumentou 0,2 por cento em maio, junho e julho.