Publicado em

SÃO PAULO (Reuters) - A moagem da cana-de-açúcar no centro-sul do Brasil na safra 2019/20, que começa oficialmente em abril, deverá somar 575 milhões de toneladas, alta de 0,8 por cento ante a temporada atual, mas pode crescer ainda mais caso se confirmem mais chuvas ao longo de abril, estimou nesta quinta-feira a Agrococonsult, em relatório.

Os modelos de projeção --baseados no índice de vegetação dos canaviais da região-- mostram a possibilidade de uma safra maior, por volta de 590 milhões de toneladas ou um pouco acima disso, acrescentou a consultoria, ressaltando que essa projeção mais otimista dependeria de chuvas.

"Adotamos, no entanto, uma expectativa mais conservadora neste momento. Para que a safra seja maior, será preciso que se confirmem as previsões de chuva em março e abril", disse a consultoria, destacando que é preciso levar em consideração também que a idade média do canavial continua elevada, uma vez que a taxa de renovação continua abaixo do considerado ideal, algo que limita o aumento da moagem.

 

(Por José Roberto Gomes, Roberto Samora e Marcelo Teixeira)