Publicado em

BUENOS AIRES (Reuters) - Agricultores da Argentina deverão plantar 6,5 milhões de hectares de trigo na temporada 2019/20, disse o governo do país em relatório nesta sexta-feira, citando bons índices pluviométricos como a razão para o aumento em relação à sua estimativa anterior, de 6,46 milhões de hectares.

O trigo é plantado em junho e julho na Argentina, e colhido em dezembro e janeiro.

"Boas condições de umidade do solo favoreceram o plantio", disse a Secretaria de Agricultura no relatório.

A safra de milho 2018/19 do país foi estimada em 57 milhões de toneladas, ante previsão anterior da pasta de 56 milhões de toneladas, segundo o relatório. A projeção do governo argentino para o milho inclui o produto utilizado por produtores como alimento para suas próprias criações animais, enquanto muitas estimativas consideram apenas a safra comercial de milho.

O relatório ainda reduziu levemente a previsão do governo para a safra de soja em 2018/19 para 55,6 milhões de toneladas, contra 55,9 milhões de toneladas anteriormente.

(Reportagem de Maximilian Heath e Hugh Bronstein)