Publicado em

PARIS (Reuters) - O desmembramento do Facebook seria uma solução de última instância que provavelmente traria longos procedimentos judiciais, disse a comissária de concorrência da União Europeia, Margrethe Vestager, nesta sexta-feira.

A diretora antitruste da União Europeia foi questionada sobre o Facebook na conferência de tecnologia da VivaTech em Paris, depois que líderes políticos dos EUA e um dos cofundadores da empresa recentemente falaram a favor de um desmembramento da empresa.

"É claro que seria uma medida de último recurso. Acho que isso nos manteria em tribunal por talvez uma década. É muito mais direto e talvez muito mais poderoso dizer que precisamos de acesso a dados", disse Vestager a repórteres.

O cofundador e ex-colega de quarto do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, Chris Hughes, usou este mês um artigo no New York Times para pedir aos reguladores norte-americanos que desmembrem o gigante da tecnologia.

(Por Gwenaelle Barzic)