Publicado em

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras informou que sua subsidiária Eletronorte manifestou junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) interesse em prorrogar o prazo do contrato de concessão da hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, que expira em agosto de 2024, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.

A usina de Tucuruí, com 8,37 gigawatts em capacidade instalada, é uma das maiores do país. Ela fica atrás apenas da hidrelétrica de Belo Monte, que terá 11,2 gigawatts quando concluída, ainda neste ano, e já opera com 9,4 gigawatts, e de Itaipu, um empreendimento binacional entre Brasil e Paraguai que soma 14 gigawatts.

A Eletrobras acrescentou que seu pedido deverá ser encaminhado pela agência reguladora ao Ministério de Minas e Energia, "que divulgará as condições pertinentes para a prorrogação".