Publicado em

A expansão da cobertura de rede no território brasileiro deve gerar maior demanda por fibra ótica. Esse é um dos fatores que motivou o investimento de R$ 150 milhões do Grupo Prysmian na ampliação de linhas de produção. “Há um enorme vácuo de conectividade no Brasil e isso traz um grande apetite para preenchê-lo. O potencial desse mercado é enorme”, diz o CEO América Latina da Prysmian, Juan Mogollon. PÁGINA 4